De maneira bem resumida o Wine “emula” alguns recursos (bibliotecas) da plataforma Microsoft® Windows® para executar softwares que não são nativos em plataforma GNU/Linux. Ficou confuso ?! Calma. No parágrafo abaixo há a explicação de maneira sucinta.

O Wine simula que é um Windows para Você caro leitor conseguirá executar um  EXE, entre muitos outros (Office), leia-se executável em seu GNU/Linux.

Uma excelente combinação para um equipamento que não suporte uma máquina virtual, economia de recursos.

O projeto PlayOnLinux segue a mesma linha, com uma excelente usabilidade para resolver as dependências, já possui algumas “receitas” para utilização.

Cuidado com a pirataria.

>< Mais informações ><

Anúncios