iperf -> perform network throughput tests

mtr  -> Diagnóstico da rota percorrida com estática detalhada

traceroute -> Diagnóstico da rota percorrida

tcpdump -> coleta informações sobre a conexão

lsof -i  -> Inspeção de Rede

Exemplo: lsof -P -i -n| grep bacula

netstat -vant -> status das conexões abertas

iostat -x -d 1 -> status da escrita no disco

Ifstat -> Report InterFace STATistics

strace -> é uma fer­ra­menta que mon­i­tora as chamadas de sis­tema (sys­tem calls)

traceroute -i nome_interface (ethX) nº Ip -> Testando a rota por uma interface específica

The !X means that the router doesn’t allow traceroute towards that remote host. Mais em http://www.mavetju.org/networking/basicnetworktroubleshooting.php

gsh -> Acesso remoto simultâneo há vários hosts , exemplo para alteração de vários scripts de uma fez, ou execução de um comando.

A seguir um exemplo:

Gotham:~$ gsh root@batman root@Robin

ready (2)> /etc/init.d/bacula-fd status
root@batman : bacula-fd (pid 24474) is running…
root@Robin : bacula-fd (pid 7212) is running…

Outra maneira é utilizar a sintaxe:

gsh –hosts-file=FILE read hostnames from given file, one per line

Dúvidas ? consulte o man ou –help”comando” 😉

E por falar em comandos, que tal analisar o desempenho do servidor consulte o post  thegeekstuff

Executar ping a partir de uma interface específica:

Exemplo:

ping -I eth1 google.com

ping -I eth2 google.com

Fonte: http://www.linuxquestions.org/questions/linux-networking-3/ping-through-a-specific-interface-414246/

“Coleta” do comando mtr na tela:

mtr 10.30.30.10 –report

Update: 24/02/2015

Update: 09/01/2015

Update: 09/04/2014

Anúncios